COMO NASCE UM ALEGROLOGISTA?

Embora todos os Klínicos da Alegria sejam voluntários, existe um processo de formação, que ocorre em três encontros teóricos e dois encontros práticos (visitas-estágio), onde os interessados podem conhecer um pouco mais do projeto, da filosofia, aprender algumas condutas e técnicas, e serem avaliados. Esses encontros geralmente têm início no meio do ano, e ocorrem no último domingo de cada mês. Fiquem ligados!

Entre os klínicos encontramos profissionais das mais diversas áreas, tais como arquitetos, vendedores, advogados, empresários, publicitários, funcionários públicos, professores etc., e não há restrição com relação à profissão para participar. Os requisitos únicos a serem preenchidos são: maioridade e aprovação no curso.

Não precisa ser engraçado nem tampouco ter receio do ambiente hospitalar e vamos te contar os porquês:

1. O nariz de palhaço é a menor máscara do mundo, pois uma vez colocada esconde o rosto inteiro.

2. O carinho e os sorrisos recebidos durante as visitas tornam o hospital um ambiente alegre e aconchegante, uma vez que sempre recebemos mais do que oferecemos.

Ou seja, junte-se a nós!